Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rendição

por arcadajade, em 16.05.04

pente2.jpg




Vi, nos olhos do gato, a sua ira.
Crispadas,
suas mãos promoviam
o paradoxo do afago.
Retesados,
os músculos do felino
pronto para a fuga
denunciavam seu ânimo.

Como o bicho,
submeti-me às suas garras,
submisso que sou, por livre vontade,
para meu gozo perigoso,
aos seus desejos.

Vejo o seu sorriso vitorioso.
Compraz-me saber que, derrotado,
terei em troca o prazer:
prêmio de consolação, mais valioso
que o do orgulho da vitória.
Prefiro o seu carinho à glória
e o seu amuo.

Rendo-me e rio,
um riso íntimo
e silencioso
que a expressão não denuncie.

Fred Matos, Anomalias, Editora Kelps, Goiânia, 2002

Autoria e outros dados (tags, etc)

20:04